Canadá

Adaptação do filho com o inglês

aprender_ingles
Uma das maiores preocupações que eu tinha quando me mudei para Vancouver era como seria a adpatação do meu filho, principalmente com relação ao desenvolvimento do inglês. Além de cores e alguns animais, o Daniel não sabia falar mais nada em inglês.

Chegamos aqui em fevereiro desse ano e ele começou na escola em março. No início ele simplemente ia para escola todos os dias sem entender absolutamente nada que as pessoas diziam. Ele também não falava nada na escola, nem em inglês e nem em português. Entrava mudo e saia calado. Mas ele não reclamava. Eu li que as crianças geralmente começam a entender o que os outros dizem, mas nessa primeira fase elas não falam nada. Aos poucos elas começam a dizer palavras e depois de mais um tempo já começam a formular frases. E foi exatamente assim que foi acontecendo.

Já li muitos blogs falando que os filhos depois de um mês na escola já falam tudo de inglês, quase fluente. Pra ser bem sincera isso não chega nem perto do tempo que realmente levou para o Daniel começar a falar um bom inglês. A professora do último ano letivo disse que ele não falava muito na sala, apesar de demonstrar que já entendia bastante. Nos dois primeiros meses o Daniel chegou a dizer que os amigos da sala dele não gostavam dele, mas isso acontecia porque eles não conseguiam se comunicar.

Quando chegou no último mês do ano letivo (junho), ele já estava bem melhor. Já estava se comunincando mais com os amigos e não estava mais se sentindo excluído como antes. Ele passou a brincar em casa na maioria das vezes em inglês. Para ele não ficar sem interação com outras crianças durantes as férias de verão, eu coloquei ele numa colônica de férias, o que foi ótimo. Em setembro quando ele começou o novo ano letivo na escola ele já estava muito esperto no inglês, já se comunicava sem hesitar com os amigos ou com qualquer outra pessoa que iniciasse uma conversa com ele em inglês. Começou a misturar inglês com português e confudir também, como: “Mamãe, me puxa no balanço?”ou “Mãe, me ajuda climb naquela rock?”.

Atualmente na escola ele está na série em que começa a alfabetização então está aprendendo a ler e escrever, aprendendo os sons das letras. Ele tem por dia 30 minutos de aula com uma professora particular na escola para treinar mais a leitura, pois com inglês como segunda língua é um pouco mais complicado pra ele.

É difícil medir ao certo como está o nível de inglês do Daniel, porque a gente tenta conversar com ele casa em inglês, mas ele não quer. Então de repente a gente vê ele conversando em inglês com alguém e ficamos supresos porque não sabíamos que ele já estava num nível tão bom. É claro que muitas coisas ele ainda não entende, mas cada dia ele aprende mais. Já ouvimos da professora que a pronúncia dele é perfeita, já inclusive tive minha pronúncia corrigida por ele. Ele só assiste desenhos em inglês e já foi até na casa de uma amigo canadense brincar.

No início eu achei que ele estava demorando demais pra aprender o inglês, que ele ia ter problemas de comunicação por um bom tempo, mas na verdade ele levou o tempo necessário e cada dia as coisas ficam melhores pra ele. O que eu posso dizer pra você que tem a mesma preocupação com o seu filho é: apenas deixa o tempo passar que cada criança tem seu tempo e a adaptação vai vir naturalmente. E não deixe de colocar seu filho em uma escolinha ou numa creche. A interação com as outras crianças e com a língua é muito importante para esse desenvolvimento.

assinatura_blog
Anúncios

4 comentários em “Adaptação do filho com o inglês

    1. Nossa! Desafios estão por vir. Mas fique tranquila que vai dar tudo certo no seu tempo. Vocês estão vindo pra Vancouver? Se precisar de alguma coisa por falar comigo. Vou ter prazer em ajudar. Beijos

      Curtir

  1. estou preocupada, minha filha, ela tem 2 anos, fala português, vivemos no Brasil, mas quero educação bilingue, ela só assiste desenho em inglês, e não fala nada. Às vezes falo inglÊs com ela, como good morning, e expressões pequenas, ela senta e assiste como tivesse entendendo tudo, quando pergunto em ingles ou portugues se está entendendo ela não diz nada. Na metade do ano que vem ela completará 4 anos e irei colocá-la no curso de inglês. A minha ansiedade é tanta pra saber se ela está entendendo ou não o desenho, mas ela não responde. Li vários depoimentos e vejo que quanto mais tempo em contato com o idioma, maior será a absorção. Espero ver minha filha falando tudo aos 4 anos. Em casa, deixo ela vendo desenho em inglês quando está comigo.

    Curtir

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s